26 septiembre, 2021

EMPRESA TOIROS & ARENA FAZ BALANÇO DA TEMPORADA.

Decorreu no passado sábado em Santarém, um jantar com colaboradores da empresa Toiros & Arena, que serviu para fazer um balanço do que foi a actividade da empresa no ano de 2010 e que foi considerado positivo e com espectáculos de bom nível.

Decorreu no passado sábado em Santarém, um jantar com colaboradores da empresa Toiros & Arena, que serviu para fazer um balanço do que foi a actividade da empresa no ano de 2010 e que foi considerado positivo e com espectáculos de bom nível.
A empresa foi responsável pela organização de 5 corridas à portuguesa, divididas pelas praças de Arronches, Póvoa de São Miguel e as desmontáveis instaladas em São Pedro de Rates, Morais e Baião, colaborando ainda na montagem de três festivais (Arronches, Angra do Heroísmo e Izeda) e uma corrida mista (Santa Eulália). A empresa apostou ainda nos nossos artistas no estrangeiro, levando a Espanha vários cavaleiros e grupos de forcados.
Assim, foram contratados pela empresa os seguintes Cavaleiros de Alternativa: Gilberto Filipe (3 vezes), João Salgueiro, Luís Rouxinol e Marco José (todos por duas vezes), Rui Salvador e Sónia Matias (por uma vez). Numa prova que também existe uma aposta nossa no futuro da festa, foram contratados os Cavaleiros Praticantes: Marcelo Mendes (10 vezes), Alexandre Gomes (2 vezes), Alda Maria e Mateus Prieto (por uma vez). Foram ainda contratados uma vez o rejoneador José Miguel Callejón e o matador de toiros Sérgio Santos “Parrita”. Variados foram os grupos de forcados que actuaram para nós: Arronches (13 vezes), Ramo Grande e Tertúlia Tauromáquica do Montijo (3 vezes), Arruda dos Vinhos e Póvoa de São Miguel (2 vezes) e por uma vez os grupos de Alter do Chão, Azambuja, Chamusca, Cuba, Moura e Redondo.
Quanto a ganadarias, vieram de Espanha algumas ganadarias sonantes como as de Aguadulce ou Aldeanueva, que proporcionaram bons espectáculos, tal como a de El Risco, que saíu extraordinária. De Portugal lidou-se um bom curro de Herds. Manuel Rafael Cary, um curro de Francisco Luís Caldeira e um sobrero de Branco Núncio. Actuaram para a empresa 20 bandarilheiros: Nuno Boga (10 vezes), Marco Parreira (7), Gonçalo Simões, António Pedro e Ricardo Alves (5), Luís Vivas, António Lázaro, Pedro “Bombita” e Mário Figueiredo (3), David Antunes e Josué Salvado (2 vezes) e por uma vez José Bartissol, Adriano Marques, Ricardo Pedro, José Russiano, Nuno Gonçalves, João Mourão, Francisco Paulino, Júlio André e João Lorena.
De referir ainda que também trabalham para esta empresa: Chefe de Emboladores – Pinto Transporte de Toiros – Carlos Santos Chefe de Bilheteiros – Catarina Secretária da Administração – Teresa Gráfica – GrafiMonsaraz Cornetim – Narciso.
Quanto a projectos para 2011, a empresa não levantou muito o véu, mas irão certamente surgir surpresas, pois têm em mão vários projectos em praças desmontáveis e organizarão também alguns espectáculos em parceria com outras empresas, podendo concorrer a uma ou duas praças. Para já, a empresa contará com dois novos colaboradores; o bandarilheiro António Pedro, para os espectáculos chamados “menores”, com especial incidência na juventude e o taurino espanhol Francisco Cáceres, que colaborará com a empresa além fronteiras.
Nesse jantar, que acabou em tertúlia, a empresa salientou que foi a única que veio a público apoiar a empresa Aplaudir e o Presidente Moita Flores na semana anterior aos festivais de Santarém e trouxe de todo o país e de Espanha, mais de três dezenas de colaboradores. Foi ainda referido, a satisfação e a importância que tem uma empresa taurina, pois conseguimos criar mais de 200 postos de trabalho durante o ano de 2010 e levámos pela primeira vez um espectáculo taurino à localidade de São Pedro de Rates, que certamente repetiremos em 2011.
A empresa irá também apoderar alguns toureiros e as novidades poderão surgir muito em breve. Para já, o espectáculo espanhol de cavalos “Cultura Ecuestre” é a primeira novidade da empresa, que os irá representar em Portugal.
A apresentação da temporada da empresa será realizada em Março, em data e local a designar.

Deja un comentario